Não é de hoje que o cartão de visita é utilizado em relações comerciais, e embora seja uma prática antiga, ela ainda é valida e utilizada hoje, e se for feita com alguns cuidados e caprichos, podem sim impressionar muito positivamente um cliente ou parceiro ajudando na consolidação de um negócio.

Eu mesmo já tive a oportunidade de realizar alguns negócios e vendas só porque o cliente gostou do meu cartão de visita ou por ele ter se destacado entre outros.


Certo dia uma pessoa me liga interessado em desenvolver um sistema e então marquei uma reunião com ele. Quando cheguei em sua empresa vi meu cartão de visita em sua mesa, perguntei onde ele havia pego meu cartão já que não lembrava de ter entregue a ele pessoalmente. Ele então me disse que encontrou em um estabelecimento que tinha dezenas de cartões expostos, mas o meu havia chamado a atenção dele e como ele estava precisando dos serviços descritos lá resolveu pegar para me ligar. Resumindo, esse cartão de visita me rendeu uma venda de 9 mil reais.

O que um bom cartão de visita precisa ter?

Para o cartão de visita atingir o máximo de seu potencial, precisa primeiramente conquistar a pessoa que está recebendo ele, e obviamente isso é possível quando o cartão de visita destaca-se positivamente, seja pela sua arte ou pelo material que está sendo utilizado, mais abaixo tem um tópico só para explicar mais sobre isso, por ora vou listar resumidamente o que é essencial em um cartão de visita.

Identificação da empresa – Logotipo / Nome

Se você já tem uma identidade visual definida, ela precisa estar padronizada no seu cartão de visita, assim você cria a ligação do cartão com a sua marca, fortalecendo-a e estabelecendo referência.

Segmento / Área de Atuação

Isso é muito importante e se torna indispensável em casos onde o nome ou marca não deixa claro a área de atuação ou solução ofertada. Vale lembrar que não é para escrever tudo o que se oferece, para isso você vai utilizar outros materiais como site, redes sociais e folders, aqui é para colocar em uma curta frase apenas o segmento. Por exemplo, Jackson Jorge – Desenvolvimento Web e Consultoria.

Meios de Contato

Esse é um dos principais objetivos do cartão de visita, entregar para destinatário ou cliente os meios de contato, então, concentre aqui os que são oficiais e relevantes para a relação comercial que se pretende estabelecer.

Endereço físico

Colocar o endereço era uma regra inviolável antigamente, mas com o passar do tempo e advento de negócios digitais, isso começou a se tornar bem opcional. É importante se de fato você tem um endereço comercial e pretende fazer atendimentos neste endereço.

Redes sociais

Incluir redes sociais pode ser interessante desde que essas sejam utilizadas de forma comercial, estejam atualizadas e bem apresentadas.

Escolha modelo e material compatível com seu público

Como mencionei acima, o cartão de visita precisa se destacar para o seu receptor, isso não quer dizer que é preciso ter um visual rebuscado ou carregado, isso vai depender muito do público-alvo.

Alguns públicos poderão sim ter melhor abertura para cartões de visitas mais carregados visualmente, como é o caso de um publico jovem, teen ou infantil, agora imagina um publico mais corporativo ou de meia idade, neste caso é preciso algo que se comunique com mais seriedade, ou por exemplo, o caso de um público de classe média-alta comparada ao público de classe média-baixa.

Vários aspectos do público pode determinar sua preferência visual e a partir daí você consegue fazer a melhor escolha de layout, arte e material

Alguns erros comuns ao fazer cartão de visita

Alguns erros bem comuns que vemos no dia a dia são basicamente a negligência de alguns itens abordados acima. Segue a lista dos principais cuidados ao fazer o cartão de visita.

Não comunicar corretamente com seu público

Essa comunicação está na cor, arte, material e texto. Tudo deve ser o mais apropriado possível para o seu público-alvo e não conforme o que você gosta ou não.

Foto e poluição visual

Não é difícil encontrar cartões de visita feito por “subrinhus” onde colocam uma foto bem mal escolhida e produzida, como fundo do cartão e escrevem por cima. Chega até dar enxaqueca ao tentar ler as informações do cartão.

Não ser criativo /inovador

Fazer um cartão “sem graça” ou “basicão” poderá até fazê-lo cumprir seu objetivo quando uma pessoa quer muito o seu contato, mas o fato de não impressionar tornará esse cartão um forte candidato à cair na próxima lixeira.

Exagerar na criatividade

O fato do cartão ter que impressionar não quer dizer que você precise transformar ele em um enigma misterioso. Lembre sempre que a essência dele deve ser mantida, que é o acesso direto e rápido às informações de contato. Se houver qualquer obstrução ou complicação para essas informações, você estará comentando um grande erro.

Transformar o cartão de visita em um jornal  

O cartão de visita não é para você detalhar todos os serviços, ofertas e etc.. Quanto mais informação incompatível com o propósito do cartão você incluir, mais ele ficará poluído e consequentemente pesará negativamente para a impressão que seu cliente terá de você ou da sua empresa.

Não planejar sua criação ou alinhar com os projetos da empresa

conforme os planos futuros.
Se você vai colocar determinada informação nele, tenha certeza que essa informação não será mudada por um bom tempo e nem se tornará obsoleta, como é o caso de endereço, e-mail, site, telefone.

Lembre que você irá produzir um material que não poderá ser alterado posteriormente e provavelmente será realizado em grande quantidade. Então planeje conforme os planos futuros.
Se você vai colocar determinada informação nele, tenha certeza que essa informação não será mudada por um bom tempo e nem se tornará obsoleta, como é o caso de endereço, e-mail, site, telefone.

Não escolher o material adequado

Antigamente os cartões eram apenas em papel, mas hoje temos materiais inclusive resistentes à água como é o caso do PVC. Se o seu cartão será por exemplo entregue por motoboy, um cartão de PVC evitaria que o cartão estrague com a umidade.

Cartões para Inspiração

Se você gostou das dicas acima, confira agora alguns cartões que separamos para servir de inspiração para você.

Ganhe dinheiro fazendo cartão de visita

Um guia completo ensinando como ganhar dinheiro fazendo cartão de visita

Gostou das dicas que te passei acima? Agora imagina um guia completo que te ensina na prática como criar, finalizar e imprimir cartões de visita para vender e ter mais de 300% de lucro.

Estamos finalizando a edição desse guia e os 50 primeiros interessados vão receber ele GRATUITAMENTE.

Nesse guia você aprenderá também onde e como vender cartões de visita, além de receber dezenas de modelos e templates profissionais e exclusivos prontos para utilizar, bastando apenas substituir as informações e ter em minutos um cartão de visita top para apresentar ao seu cliente.

O mais interessante é que você não precisará fazer qualquer investimento alto com impressoras ou equipamentos avançados, basta um computador e o conhecimento que lhe ensinaremos no Guia.

Então aproveite e se inscreva agora mesmo para receber gratuitamente assim que estiver pronto!



Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE