Quer saber como montar um negócio online do ZERO e GANHAR DINHEIRO trabalhando em casa?

Receba Gratuitamente o E-book + Vídeo Aulas Surpresas, No Seu E-mail!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Marketing de Conteúdo – Guia Rápido 2020

Marketing de Conteúdo – Guia Rápido 2020

Índice deste post

O que é Marketing de Conteúdo?

De uma forma bem simples e direta, o Marketing de Conteúdo é a criação e distribuição de conteúdo relevante para um nicho ou público específico.

É uma das formas mais eficientes hoje de atrair e conquistar clientes, pois tira aquela barreira que as pessoas criam automaticamente de que alguém está tentando vender e tirar dinheiro delas, e cria uma aproximação com o seu público projetando você ou sua empresa como autoridade no assunto.

Não é a toa que hoje é um dos métodos mais utilizados tanto por grandes quanto pequenas empresas e marcas para direcionar tráfego, gerar leads e converter vendas.

Um levantamento realizado pela HubSpot mostrou que empresas B2B que publicam em seus blogs com frequencia, geram quase  do que aquelas que não publicam nada ou apenas uma vez por mês.

Esse número é ainda mais expressivo nas empresas B2C que conseguem 4 vezes mais leads do que aquelas que não utilizam o Marketing de Conteúdo.

Conteúdo de Qualidade

Entregar conteúdo de qualidade é primordial para alcançar bons resultados e obter sucesso no Marketing de Conteúdo, por isso, muitos desistem de utilizar essa preciosa ferramenta para divulgar sua empresa, ou mesmo para trabalhar como afiliados, pois acham que já tem muito conteúdo bom e não conseguirá fazer algo à altura.

O fato é que se você parar para pensar, todos os dias você ou sua empresa gera muito conteúdo quando conversa com um cliente, nas reuniões entre colaboradores, nas rodas de amigos, enfim, à todo momento podemos estar gerando conteúdo relevante para o nosso público mas não colocamos isso em texto.

Há muitas fontes de inspiração para conteúdo que pode ajudar o seu público e convertê-lo em cliente através da influência causada pelo seu marketing de conteúdo, segue algumas dicas:

Idéias para criação de conteúdo

  • Dúvidas recorrentes de clientes em relação à determinado produto ou serviço que você vende;
  • Uma função ou benefício desconhecido que tal produto que você vende proporciona;
  • Curiosidades sobre algo que está relacionado com algum produto ou serviço;
  • Alguma conquista pessoal ou da sua empresa que seja interessante compartilhar e que possa ser contextualizada para o seu nicho;
  • Recomendação de livros, cursos, apps, equipamentos, etc;

Onde publicar o conteúdo

Marketing de Conteúdo não é só em Blog

Outro fator importante à considerar é que o Marketing de Conteúdo pode e deve ser utilizado em vários meios e não apenas em Blog.

As redes sociais são ótimas ferramentas para utilizar com o Marketing de Conteúdo, afinal elas proporcionam a entrega de conteúdo da mesma maneira e muitas vezes até com mais interatividade.

O Youtube é outra poderosa ferramenta para captação de leads e clientes através de marketing de conteúdo em vídeo.

Veja este post com algumas dicas para Youtube.

Existem ainda plataformas de infográficos, slideshows, PDF e Podcasts entre outras.

No entanto, vale lembrar que blog ou site próprio continua sendo uma das melhores e mais seguras opções à médio e longo prazo porque o conteúdo publicado é seu e o risco de perder conteúdo ou posicionamento por mudança de regra é muito menor.

Custo x Benefício

Não há dúvidas de que um bom trabalho de marketing de conteúdo pode gerar um resultado muito bom com custos expressivamente menores do que os métodos de anúncios pagos.

Quando você cria um conteúdo, seja ele um post no blog, infográfico, ebook ou vídeo, o “custo” que você teve foi apenas na criação desse conteúdo, agora ele se tornará um ativo que poderá ficar gerando audiência e receita para você sem custos enquanto ele estiver on-line e sendo válido para o seu público.

Já nos anúncios patrocinados você tem o trabalho da criação do anúncio além dos custos de divulgação e montagem da campanha.

O retorno orgânico do marketing de conteúdo não é tão rápido quanto o da divulgação paga, mas em contrapartida tem custos bem menores e duração muito maior.

Quanto tempo para começar a ver resultados com o marketing de conteúdo?

A paciência é peça fundamental para se trabalhar com o marketing de conteúdo, afinal, as coisas não acontecem com uma “varinha mágica” e instantaneamente, é uma passo após outro para ir construindo todo o acerto de conteúdo e aos poucos esse conteúdo vai sendo indexado e compartilhado até começar a trazer o tão esperado trafego.

Mesmo profissionais experientes que fazem tudo corretamente em SEO, podem ter que esperar mais de um ano para conseguir impulso e gerar resultados orgânicos.

Uma boa estratégia para acelerar um pouco esse processo pelo menos no início, é separar um pouco de investimento para promover seu conteúdo, isso pode acelerar um pouco o processo.

Como começar no Marketing de Conteúdo?

Não adianta começar escrever ou gravar vídeos sem qualquer planejamento, isso será desperdício de tempo e esforço.

Como tudo na vida, é necessário ter planejamento e estratégia para que realmente consiga caminhar no rumo certo ao sucesso esperado com o Marketing de Conteúdo.

Metas e Objetivos

O que deseja que esse conteúdo proporcione para seu negócio, não de forma genérica, mas específica e mensurável, assim poderá saber onde pretende chegar e se está dando certo.

Por exemplo, digamos que esteja trabalhando com Marketing de Afiliados e deseja que seu conteúdo proporcione pelo menos 100 vendas mensais do curso “Fórmula Negócio Online”. Assim você tem um parâmetro para começar a traças suas estratégias para chegar nesse resultado.

Seja realista, e se possível, estabeleça metas graduais e vá atualizando-as de tempo em tempo, assim conseguirá ter uma evolução com várias metas alcançadas no percurso e diminuirá a dificuldade e frustração de não alcançar uma meta muito alta e acabar desistindo.

Analise todo o cenário e se prepare para os obstáculos que possam surgir, mas não deixe de colocar o plano em ação com medo dos desafios ou esperando estar perfeitamente pronto. Lembre sempre que “feito é melhor que o perfeito”.

Personas / Avatar – Segmente bem o seu público

Assim como um dos maiores erros do ser humano é tentar agradar a todos, o maior erro no marketing de conteúdo é tentar entregar conteúdo para todo tipo de público.

Procure analisar detalhadamente quem é o seu cliente, o que ele ouve, gosta, fala, compra, veste, etc.

Uma técnica que funciona muito bem para fazer isso, é criar de 1 a 5 personagens fictícios que representarão sua clientela. Defina o sexo, nome, aparência física, hobbies, costumes, e assim por diante. 

O Hotmart publicou este post muito bom detalhando como criar seu persona/avatar.

Definido esses AVATARES, comece a produzir conteúdo como se fosse exclusivamente para eles.

Jornada do Cliente

Crie um “mapa” que detalha as etapas que o cliente percorre desde o momento que tem um primeiro contato com o seu conteúdo até se tornar um cliente fidelizado e divulgador dasua empresa ou marca.

Isso é importante para que você consiga pontuar os conteúdos a serem criados em cada uma das etapas, afinal, não adianta ter apenas conteúdos de captura de leads e depois não ter os conteúdos que mantém esses leads aquecidos ou que convertam eles em clientes.

Como exemplo prático de um Blog sobre marketing digital ou marketing de afiliados, temos os conteúdos para quem quer aprender a ganhar dinheiro trabalhando em casa mas ainda não sabe que o marketing digital é uma ótima ferramenta para isso, então precisamos da criação de conteúdo que alcance esse público e apresente à eles esse meio.

Depois o estágio de confirmação, onde reforça a idéia de que o marketing digital funciona, apresentando histórias de sucesso, experiências práticas, prova social, etc.

Podemos incluir ainda nesse exemplo a etapa de quebra de objeções, onde mostra que qualquer pessoa pode desenvolver esse negócio em qualquer área. Apresenta métodos ou partes de cursos que podem ajudar.

Por fim, depois que adquire o curso “Fórmula de Negócio On-line” é o momento de compartilhar conteúdo que lhe auxiliarão a crescer seu empreendimento, dicas de ferramentas, dificuldades enfrentadas e como resolvê-las, soluções complementares, etc.

Esse é apenas um rápido exemplo de como pensar ao elaborar um mapeamento de jornada do cliente utilizando como exemplo o segmento de marketing digital sendo afiliado do curso Fórmula Negócio Online, mas funciona com qualquer segmento e produto.

Montar a estrutura

Já tendo conhecimento das metas, público e jornada do cliente, é hora de decidir quais os canais ou ferramentas serão utilizadas para entregar esse conteúdo ao seu público. 

O conjunto que funciona muito bem para a maioria dos casos é o trio Blog, Youtube e Facebook ou Instagram

Mas é de suma importância que consiga ser consistente nas publicações, isso quer dizer que não pode deixar nenhum dos canais abandonado, portanto, se o tempo for limitado e achar que não conseguirá dar conta de tudo, é melhor começar só com um ou dois e depois ir implementando outros conforme for acostumando e conseguindo manter.

Criar um blog profissional

Existem centenas de formas de fazer, mas sem dúvida a mais utilizada e também que mais recomendo é instalando o wordpress em um servidor de hospedagem, registrando o seu domínio, e instalando o tema wolf no seu wordpress. É basicamente o que foi feito nesse meu blog.

Clique no botão abaixo e veja o tutorial passo a passo ensinando a fazer o blog.

Canal do Youtube

O Youtube é hoje um o site com maior audiência da internet, ganha até do próprio buscador Google, já que no Youtube a permanência é maior.

Isso o torna um dos mais poderosos meios para divulgação de conteúdo e criação de público.

Veja neste post algumas dicas de como começar e turbinar o seu canal

Redes sociais

Não vou entrar em detalhes aqui com relação a Fanpage Facebook, Instagram e outras redes sociais.

Por ora é importante você saber que são ótimas opções para ter em sua estrutura, mas para iniciar escolha um ou dois métodos e depois vá implementando outros quando esses estiverem bem fortes.

Caso já sinta-se pronto para começar também com elas, basta procurar aqui no blog e em meu canal mais informações que você encontrará os detalhes de como utilizá-las.

Planejamento e Calendário de Conteúdo

Com sua estrutura já montada ou ainda enquanto monta ela, comece a criação do seu conteúdo montando um planejamento com uma tabela onde constará as seguintes colunas:

Planilha Modelo de Planejamento de Conteúdo 

Para facilitar para você, deixei pronta uma planilha modelo que você só precisa baixar e utilizar.

Título/tema

Procure títulos que coincidam com grande fluxo de pesquisa, você pode utilizar o planejador de palavras-chave do Google que mostrei neste post ou mesmo o Ubersuggest que é um pouco mais limitado, porém, mais prático.

Só para você ter uma idéia, quando fui publicar esse post eu pesquisei no Ubersuggest qual seria a melhor opção de palavras-chave para utilizar no título deste post, e veja só que mudando um palavrinha de 2 letras aumenta em mais de dez vezes a procura pelo mesmo tema.

Conteúdo/Detalhes

Anote aqui tudo o que pretende abordar nesse conteúdo, subtópicos, dados, informações, referências, etc… Caso já tenha o conteúdo pronto poderá incluir ele ou um link para ele.

Palavras-chave

Liste os termos (palavras-chave) que são relevantes ao seu avatar e que estão relacionadas à esse conteúdo. Quando for criar o conteúdo tente introduzir essas palavras naturalmente no texto.

A dica para escolher corretamente as palavras-chaves são as já mencionadas acima na hora de definir o título do conteúdo.

Target (Persona/Avatar)

Informe nesta coluna para quais das suas “personas” esse conteúdo é indicado. Por isso é importante dar um nome para os seus avatares, assim fica fácil identificar e segmentar seu conteúdo.

Canais/Mídia

Os canais onde pretende disponibilizar esse conteúdo, por exemplo: Blog, Youtube, Facebook, Instagram, Pinterest, Etc. Pode ocorrer do mesmo conteúdo ser publicado em diferentes canais com títulos e palavras-chaves específicas para cada canal, neste caso utilize uma linha diferente para cada canal/mídia.

Oferta / CTA (Call to Action)

Informe nesta coluna qual será a chamada para ação desse conteúdo. Qual produto ou serviço deseja promover com esse conteúdo.

O conteúdo não pode dar a impressão que está tentando vender alguma coisa para o leitor, mas é importante indiretamente conduzir ele à tomar uma ação, seja uma compra, download, cadastro, ou simplesmente o acesso à outro conteúdo.

Considerações Finais

O Marketing de Conteúdo é fundamental para a conquista de tráfego orgânico, audiência e leads.

Entregue o máximo de informação clara e relevante que você puder para o seu público ou cliente, e naturalmente começará a colher bons resultados depois de algum tempo.

Se você não tem tempo disponível para criar e preparar o conteúdo conforme foi explicado aqui, talvez possa considerar a contratação de profissionais Freelancer ou mesmo uma agência como a Planweb, para criar esse conteúdo para você ou montar toda a estrutura.

Espero que tenha gostado do conteúdo e não esqueça de deixar seu comentário abaixo dizendo se já faz alguma dessas ações explicadas no post ou se tem alguma dúvida, ficarei feliz em saber e lhe ajudar mais.